O que fazer em Dublin / Things to do in Dublin: St. Patrick’s Cathedral

E ai, gente? Como estão?

Primeiro de tudo, queremos agradecer a força e o apoio dos nossos familiares, amigos e leitores que tem nos enviado muitas palavras de carinho e sempre procuram alguma forma de nos ajudar com a divulgação do nosso blog. E quem nos acompanha nas redes sociais (Facebook; Instagram; Youtube; Pinterest) sabe que estamos crescendo, graças a Deus! Nossos artigos estão sendo republicados pela mídia. Esse tipo de reconhecimento é o que motiva a gente a continuar dando o nosso melhor! Muito obrigada, gente! <3
Agora chega de conversa e vamos ao que interessa! rs O post de hoje é sobre a nossa visita à St. Patrick’s Cathedral daqui de Dublin. Infelizmente não é um passeio gratuito, porém esse dinheiro é revertido à própria catedral e vale cada centavo. Believe me! O preço da entrada para estudantes é de € 4.50.

St. Patrick's Cathedral 1
São Patrício, segundo se diz, batizou conversos ao Cristianismo num poço que existiu no parque ao lado da Catedral. Devido à esta associação com São Patrício, existiu aqui uma igreja pelo menos desde o século V. Posteriormente, em 1191, os Normandos construíram uma igreja em pedra neste local. Esta igreja foi reconstruída no início do século XIII e este é o edifício que aqui podemos ver ainda hoje.
Acreditamos que a visita deva ser feita entre 1 ou 2 horas. Vai depender do seu interesse. Se você só bater o olho, tirar algumas fotos e pronto, uma hora é mais do que suficiente. Mas se você quer acompanhar o guia impresso disponibilizado na entrada (tem em Português), ler a história da maioria ou de todos os monumentos, você vai precisar de umas 2h.

DCIM100GOPRO DCIM100GOPRO DCIM100GOPRO St. Patrick's Cathedral 5

O que ver na St. Patrick’s Cathedral

O monumento à Boyle foi mandado erigir em 1632 por Richard Boyle, Conde de Cork, em memória de sua segunda mulher, Lady Katherine.
O monumento à Boyle foi mandado erigir em 1632 por Richard Boyle, Conde de Cork, em memória de sua segunda mulher, Lady Katherine.
Busto em mármore branco do Ilustre John Curran, Mestre das escrituras, mandado construir em 1842 com contribuições públicas. Ele era o pai de Sarah Curran, amante de Robert Emmet (um patriota bastante comentado nos nossos posts).
Busto em mármore branco do Ilustre John Curran, Mestre das escrituras, mandado construir em 1842 com contribuições públicas. Ele era o pai de Sarah Curran, amante de Robert Emmet (um patriota bastante comentado nos nossos posts).
A dupla sepultura monumental comemora Thomas Jones, Arcebispo de Dublin e o seu filho, o Visconde de Ranelagh.
A dupla sepultura monumental comemora Thomas Jones, Arcebispo de Dublin e o seu filho, o Visconde de Ranelagh.
Baixo relevo em mármore branco de Turlough Carolan, harpista e o último dos bardos irlandeses.
Baixo relevo em mármore branco de Turlough Carolan, harpista e o último dos bardos irlandeses.
Estátua de São Patrício por Melanie Le Brocquy.
Estátua de São Patrício por Melanie Le Brocquy.
Estátua do Deão Dawson.
Estátua do Deão Dawson.
Estátua do Marquês de Buckingham usando os paramentos e insígnias da Ordem de São Patrício.
Estátua do Marquês de Buckingham usando os paramentos e insígnias da Ordem de São Patrício.
Estátua do Ilustre James Whiteside, Juiz Supremo da Irlanda.
Estátua do Ilustre James Whiteside, Juiz Supremo da Irlanda.
The Chapter Door
The Chapter Door

Essa porta comemora o fim amigável da disputa entre os Condes de Ormond e de Kildare em 1492. O Conde de Kildare fez um orifício na porta e por ele passou o braço para apertar a mão do Conde de Ormond, seu inimigo, que se tinha refugiado na Chapter House. Ao tomar esta iniciativa em busca da reconciliação, a paz foi de novo restaurada.

Escada de caracol que conduz à plataforma do órgão.
Escada de caracol que conduz à plataforma do órgão.

A contribuição da música para a vida da St. Patrick’s Cathedral é celebrada na área à volta da escada de caracol.

Fulk de Saundford
Fulk de Saundford

Na nave lateral do coro norte é onde se encontra o túmulo e efígie que representam o Fulk de Saundford, Arcebispo de Dublin.

Sepultura do Duque de Schomberg
Sepultura do Duque de Schomberg

Swift foi o autor da inscrição em latim no mármore negro sobre a sepultura do Duque de Schomberg, o mesmo que aconselhou Guilherme de Orange a ir para a Irlanda em 1686 prometendo-lhe o seu apoio. E a cadeira à direita da foto, acredita-se que ela foi usada pelo Rei William III quando ele foi à St. Patrick’s Cathedral agradecer a Deus por sua vitória em relação ao Rei James II na Batalha do Boyne, em 1690.

Capela de Nossa Senhora, utilizada pelos Huguenotes entre 1666 e 1816.
Capela de Nossa Senhora, utilizada pelos Huguenotes entre 1666 e 1816.
Coro
Coro

As duas primeiras filas do cadeiral eram utilizadas pelo coro propriamente dito e, a terceira fila, pelos cónegos da Catedral. Em cima, encontram-se os estandartes e armas dos Cavaleiros de St. Patrick, ordem de cavalaria fundada pelo rei George III em 1783.

St. Patrick's Cathedral 20

Busto do escritor satírico e Deão da Catedral, Jonathan Swift.
Busto do escritor satírico e Deão da Catedral, Jonathan Swift.

A área externa da catedral também é um belo espaço para passar um tempo agradável.

DCIM100GOPRO DCIM100GOPRO DCIM100GOPRO DCIM100GOPRO DCIM100GOPRO

Pra finalizar, adivinhem! VIDEOOOOOO! o/ Venham passear com a gente pela St. Patrick’s Cathedral!

Então é isso, galera! Esperamos que vocês tenham gostado!

COMPARTILHEM! <3

Posted by

Somos um casal apaixonado por viagens. Além disso, adoramos compartilhar nossas aventuras e o nosso dia-a-dia também. É exatamente sobre tudo isso que falamos no nosso blog partiumundo.com, o qual convidamos a todos a darem uma conferida, pois é lá que vocês encontrarão dicas para viagens de uma forma geral. Sejam bem vindos e esperamos receber feedback de vocês. Beijos carinhosos, Carolina e Victor.

6 thoughts on “O que fazer em Dublin / Things to do in Dublin: St. Patrick’s Cathedral

Deixar uma resposta