O que fazer em Joanesburgo / What to do in Johannesburg: Hector Pieterson Memorial & Museum

Eu sempre costumo dizer que você aproveita melhor sua viagem se você conhece a história envolvida onde você está agora. Assim você entende melhor os costumes e tradições locais.

I always use to say that you enjoy your journey better if you know the history involved where you are now. So you understand better the local costumes and traditions.

 

Em nossa viagem de 1 dia em Joanesburgo nós fizemos um passeio por Soweto (veja detalhes aqui) e passamos pelo Memorial Hector Pieterson, símbolo de resistência à brutalidade do governo do apartheid.

On our 1 day trip in Johannesburg we took a tour in Soweto (see details here) and we passed by the Hector Pieterson Memorial which is symbol of resistance to the brutality of the apartheid government.

 

Hector Pieterson Memorial 1.JPG

Na manhã de quarta-feira, 16 de junho de 1976, os estudiosos de Soweto começaram sua marcha do Estádio Orlando para o Departamento de Educação Bantu em um protesto pacífico contra a imposição do uso do Afrikaans como uma língua de instrução em escolas secundárias negras. No caminho, perto da escola secundária de Phefeni na Rua Vilakazi, Hector Pieterson, o menino de escola, juntou-se ao grupo de vários milhares de estudantes.

On the morning of Wednesday, June 16, 1976, Soweto scholars began their march from  Orlando Stadium to Department of Bantu Education in a peaceful protest against the imposition use of Afrikaans as a language of instruction in black secondary schools. On the way, close to Phefeni Junior Secondary School on Vilakazi St., Hector Pieterson, the school boy, joined the group of several thousand students.

 

Hector Pieterson Memorial 2.JPG

Hector Pieterson Memorial 3.JPG

 

Cartazes eram carregados. Em todos os lugares era possível encontrar declarações como “fim ao Afrikaans”, “Amandla swethu” (poder ao povo) e “free Azania” (África do Sul livre). Eles também cantaram o hino Nkosi Sikelel’ iAfrika (Deus Abençoe a África).

Placards were carried. Everywhere you could find statements such as “away with Afrikaans”, “Amandla swethu” (power to the people) & “free Azania” (free South Africa). They also sang the hymn Nkosi Sikelel’ iAfrika (God Bless Africa).

 

No caminho para o estádio, os alunos encontraram a polícia que ordenou que terminassem a marcha e se dispersassem. Infelizmente ocorreu um confronto violento. Os estudantes jogaram pedras e antes que pudessem se dispersar, a polícia abriu fogo. Cerca de 20 crianças morreram e um dos primeiros a ser morto foi o menino de 12 anos, Hector Pieterson.

On the way to the stadium, the students met the police, who ordered them to end the march and disperse. Unfortunately a violent confrontation took place. Students threw stones and before they could be dispersed, police opened fired. Around 20 children died and one of the first to be killed was the 12-year-old boy, Hector Pieterson.

 

Hector Pieterson Memorial 4.JPG

 

Sam Nzima foi o fotógrafo que tirou a foto do corpo de Pieterson sendo levado nos braços de um colega, Mbuyisa Makhubo, com sua irmã aterrorizada, Antoinette Sithole, correndo ao lado deles. Isso se transformou em um símbolo da resistência contra o apartheid e a imagem icónica em torno do mundo da crueldade insensata e da brutalidade. Hoje, 16 de junho é comemorado como Dia da Juventude na África do Sul.

Sam Nzima was the photographer who took the picture of Pieterson’s body being carried in the arms of a fellow student, Mbuyisa Makhubo, with his terrified sister, Antoinette Sithole, running beside them. It became a symbol of the resistance against apartheid and the iconic image around the world of the senseless cruelty and brutality. Today, June 16 is commemorated as Youth Day in South Africa.

 

Hector Pieterson Memorial 5.JPG

 

Inaugurado em 2002, o Museu e Memorial Hector Pieterson, situado na Rua Khumalo de Soweto, fica próximo ao local onde Hector, de 12 anos, foi baleado. Ele foi construído para homenagear todos aqueles que morreram ou foram feridos naquele dia.

Opened in 2002, the Hector Pieterson Memorial & Museum situated in Soweto’s Khumalo St. is close to the spot where 12 year-old Hector was shot. It was built for commemorate all those who died or were injured that day.

 

Fonte / Source 1 | Fonte / Source 2 | Fonte / Source 3

 

O monumento e memorial foram incluídos nos passeios de Soweto e estão entre as principais atrações turísticas na África do Sul, a qual nós super recomendamos.

The monument and memorial have been included in Soweto tours and are among the top tourist attractions in South Africa and we highly recommend it.

 

hector-pieterson-memorial-6

Hector Pieterson Memorial 9.JPG

hector-pieterson-memorial-7

hector-pieterson-memorial-8

 

Havia um guia lá que nos explicou tudo. O passeio levou apenas alguns minutos, mas foi muito interessante e depois nos dirigimos ao museu onde câmeras não são permitidas.

There was a guide in there who explained us everything. The tour took just a few minutes but it was very interesting and after that we headed to the museum where no cameras are allowed.

 

Hector Pieterson Memorial 10.JPG

 

Ficamos fascinados por toda a história e por isso que definitivamente recomendamos uma visita.

We were fascinated by the whole history and because of that we definitely recommend a visit.

 

Se você gosta deste tipo de post informativo, por favor, deixe seus comentários abaixo 🙂

If you like this kind of informative blog post, please leave your comments below 🙂

 

Veja também / See also:

 

Clique aqui para consultar todos os posts sobre atrações em Joanesburgo

Click here to check all blog posts about Johannesburg attractions.

 

 

Clique aqui para consultar todos os posts sobre Joanesburgo.

Click here to check all blog posts about Johannesburg.

 

 

Clique aqui para ver todos os posts sobre a África do Sul.

Click here to check all blog posts about South Africa.

 

 

Se você gostaria de estudar inglês na África do Sul, envie um email para partiumundo@gmail.com e te ajudaremos com isso 🙂

If you’re interested in studying English in South Africa, send an email to partiumundo@gmail.com and we’ll assist you 🙂

Etiquetas:, , , ,

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: