Estudar e trabalhar em Malta

Estudar e trabalhar em Malta

A partir de 2018, estudantes a partir de 16 anos podem trabalhar 20 horas por semana em Malta, enquanto estudam. O objetivo dessa nova medida é atrair mais pessoas para programas de intercâmbio no país. Se você pretende estudar e trabalhar em Malta, aqui nós forneceremos todas as informações que você precisa.

Estudar e trabalhar em Malta
Popeye Village

Estudar e trabalhar em Malta

Algumas considerações devem ser tomadas. Apenas os estudantes que estarão em Malta por um período inicial de pelo menos 3 meses poderão solicitar o Visto de Trabalho e Estudo, pois só poderão trabalhar após o 90º dia (3 meses). O que significa que se seu curso durar quatro semanas, você não poderá se inscrever. De qualquer forma, os alunos receberão primeiro o Visto de Estudante. Em outras palavras, a espera pelo processamento da licença de trabalho leva de 4 a 6 semanas. Isso significa que os alunos só podem começar a trabalhar a partir da semana 13 (após o visto de extensão ter sido concedida). A licença é permitida para um visto máximo de 1 ano. Para mais de um ano, o estudante deve solicitar a autorização de residência e candidatar-se a um emprego através desse esquema.

O aluno precisa primeiro encontrar um emprego (por conta própria) e, em seguida, é possível solicitar a licença de trabalho que é emitida para a duração da validade do visto. Na licença, haverá a data de início e término do contrato de trabalho, o nome do funcionário, o status do trabalho e o nome do empregador. A licença só é válida para aquele trabalho e aquela empresa para a qual foi emitida.

Estudar e trabalhar em Malta
Comino

Uma prova de presença de pelo menos 80% do número total de lições deve ser apresentado. Quando o aluno recebe a permissão para trabalhar, não há possibilidade de conversão de cursos porque ele precisa frequentar as aulas diariamente para acumular um mínimo de 15 horas de aula por semana.

Se a acomodação não for reservada através da escola, o estudante deve apresentar uma comprovação do acordo com o proprietário da acomodação e certificar-se de que ela é licenciada pela Autoridade de Turismo de Malta (Malta Tourism Authority). É por isso que recomendamos reservar a acomodação pela escola para garantir facilidade de processo e garantia.

Clique aqui para ganhar R$ 130,00 de desconto na sua primeira reserva de acomodação no Airbnb e ajude nosso blog a continuar criando conteúdo de qualidade!

Os estudantes ainda precisam ter um seguro saúde. A cobertura de assistência médica deve ser no mínimo de 30 mil euros por evento.

Vale lembrar que o empregador deve primeiro procurar um cidadão da União Europeia e verificar se ele é um aluno qualificado para trabalhar.

Estudar e trabalhar em Malta
Blue Lagoon

Você não pode esquecer que o objetivo principal é sempre estudar. A permissão para trabalhar é uma maneira que o país encontrou para facilitar a vida dos estudantes. É importante acompanhar os estudos para melhorar seu conhecimento.

Lembrando que se você já tem sua viagem marcada para Malta (independente da duração do curso) você precisa adquirir um seguro viagem com cobertura mínima de 30 mil euros devido ao Tratado de Schengen. Clique aqui para consultar os planos e de intercâmbio da seguradora GTA. Já explicamos aqui que não contratar um seguro viagem pode fazer você perder muito dinheiro, além de causar graves transtornos.

Se você gostaria de estudar e trabalhar em Malta, envie um email para partiumundo@gmail.com e te ajudaremos com isso 🙂

Agora é com você! Já pensou em estudar e trabalhar em Malta? Visitamos o país em maio de 2018 e nos apaixonamos imediatamente! Com certeza moraríamos lá para sempre!

Veja também:

Clique aqui para consultar todos os posts sobre Malta.

Clique aqui para consultar todos os posts sobre intercâmbio

Se você gostou de ler este post, compartilhe ou salve no seu painel de viagens no Pinterest!

 

Estudar e trabalhar em Malta

Anúncios

Escrito por

Somos um casal apaixonado por viagens. Além disso, adoramos compartilhar nossas aventuras e o nosso dia-a-dia também. É exatamente sobre tudo isso que falamos no nosso blog partiumundo.com, o qual convidamos a todos a darem uma conferida, pois é lá que vocês encontrarão dicas para viagens de uma forma geral. Sejam bem vindos e esperamos receber feedback de vocês. Beijos carinhosos, Carolina e Victor.

2 comentários em “Estudar e trabalhar em Malta

  1. olá, achei seu post muito informativo, mas tenho uma dúvida: seu eu alugar um quarto, como saber se o proprietário é licenciado pela Autoridade de Turismo de Malta (Malta Tourism Authority)? pois as acomodações da escola sempre são mais caras e o estudante está sempre procurando economizar. Parabéns pelo blog.

    1. Obrigada pelo contato, Gabi! 🙂 Recebemos também o seu e-mail e explicamos lá mesmo um pouco melhor como funciona.
      Beijos com carinho,
      Carol

Deixe uma resposta